NOTA DE REPÚDIO

A ABRAEST é uma entidade sem fins lucrativos, com mais de 35 anos de existência e foi fundada concomitantemente com a Associação Nacional de Engenharia de Segurança do Trabalho – ANEST. Atua para o fortalecimento e proteção dos interesses profissionais da engenharia de segurança do trabalho, em colaboração com os poderes públicos e demais entidades representativas, no sentido da solidariedade social, através do uso do conhecimento da tecnologia para a prevenção de acidentes do trabalho e na busca da promoção da saúde dos trabalhadores.

Representa a Engenharia de Segurança do Trabalho junto ao CREA-DF, na busca da valorização desta honrosa modalidade.

Integra o GETRIN, grupo de trabalho gerido pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT 10), mostrando-se uma entidade de respeito, que preza pelos valores e ética profissional.

Esclarecemos que, de fato, não representamos cidadãos que ferem aos princípios básicos da sociedade, agindo de forma caluniosa e difamatória, por razões individuais.

Atitudes como as que estão sendo visualizadas nos meios de comunicação, são um desserviço por parte do autor, que nos moldes da Resolução CONFEA 1090/2017, configura a má conduta pública, item III do Art. 2º, como crime infamante, que é aquele que acarreta desonra, indignidade e infâmia ao seu autor, ou que repercute negativamente em toda a categoria profissional, atingindo a imagem coletiva dos profissionais do Sistema Confea/Crea.

Tal fato, direciona ao Art. 75 da Lei 5194/66, que estabelece que o cancelamento do registro será efetuado por má conduta pública e escândalos praticados pelo profissional ou sua condenação definitiva por crime considerado infamante.

As Decisões de Colegiado são tomadas pela Câmara Especializada em Engenharia Industrial e de Segurança do Trabalho – CEEIST, não cabendo às entidades de classe.

Por fim, informamos que a ABRAEST tomará as medidas cabíveis, com serenidade, em defesa de sua história e reputação, visando coibir condutas repulsivas como as que estamos acompanhando.   

Brasília-DF, 14 de julho de 2020  

Diretoria

Rolar para cima